quarta-feira, 16 de março de 2011

Está chegando o dia...

Em três dias a Academia Brasileira de Literatura de Cordel realizará o projeto “II Encontro com Poetas Populares e Rodas de Cantoria”. O objetivo é homenagear os muitos veteranos poetas, diretamente influenciados pela geração de Leandro Gomes de Barros, e que dedicaram parte de suas vidas ao oficio de ser cordelista.

Então, todos os grandes vates da ABLC estarão presentes:

Gonçalo Ferreira da Silva, Poeta de cordel, contista e ensaísta nascido em 1937 em IPU(CE), tem como suas principais temáticas ciência e política. Em congressos e festivais é comum vê-lo contando histórias em versos rimados e de improviso;

Mestre Azulão, Poeta de cordel e cantador, nascido em 1932 em Sapê (PB). Um dos fundadores da Feira de São Cristóvão. Já representou o Brasil com sua viola em vários paises da Europa e América do Norte.;

Antonio de Araújo Campinense, Poeta de cordel e repentista, natural de, Lagoa Seca (PB), em 1935. É constantemente visto homenageando pessoas de impr oviso, capacidade observada nas participações em cursos, festivais, escolas e universidades;

João Batista, Poeta de cordel, natural de Itabaianinha (SE) em 1938. Ministra cursos, palestras e oficinas. Abordam as origens e antecedentes da literatura de cordel, principais técnicas de composição nas salas de aulas e nos meios acadêmicos;

Sepalo Campelo, Poeta e escritor, nascido em Campo Redondo (RN) em 1944, é membro fundador da ABLC, recebendo prêmios em vários concursos literários;

e, o esperado Manoel Monteiro, Poeta de cordel e cantador, natural de Bezerros (PE), radicado em Campina Grande (PB). Um dos maiores poetas da atualidade, hoje com 80 anos, mantém viva a chama da poesia. Como ele próprio se definiu no folheto Peleja de Manoel Camilo com Manoel Monteiro, de 1954. Em sua primeira participação em evento na cidade, Mestre Manoel Monteiro receberá o Prêmio Cordel de Literatura, como cordelista do ano de 2010, em um sessão plenária na sede da ABLC, em Santa Teresa.

Executar « Encontro com Poetas Populares e Rodas de Cantoria » representa para ABLC o seu convite à literatura de cordel, a sua convivência com a cultura popular, o seu fortalecimento e a sua difusão.

Em 2009, entramos com a solicitação, junto ao IPHAN, para o Registro da Literatura de Cordel como Bem imaterial do Brasil. O Instituto, no final de 2010, acatou a proposta, e o processo de registro e se dará em breve.

Pela segunda vez, o projeto "Encontro com Poetas Populares e Rodas de Cantoria", é patrocinado pelo Governo do Estado, através de sua Secretaria de Cultura.

Muito nos envaidece, também, a parceria com o Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular (CNFCP), símbolo maior de pesquisa e referencia na área, realizando parte do projeto em seu espaço físico.

Desejamos com os Encontros e com as Rodas destacar que a literatura de cordel permanece viva e atuante – para além de um gênero literário e fincando sólidos registros na cultura contemporânea. Uma literatura que com o passar do tempo, assume uma nova função e desenvolve-se como parte integrante da cultura popular contemporânea e não aprisionada em um espaço tempo.

Queremos demonstrar, também, a troca de experiências e informações com os costumes e culturas de outras regiões, levando a pluralidade de nossa produção artística, além de todo o valor histórico dessa expressão.

Esperamos mantê-la em constante debate, divulgando e disseminando o que é produzido, debatido e conversado Estimulando, é claro, novas pesquisas e a formação de novos autores.

Centro nacional de Folclore e Cultura Popular http://www.cnfcp.gov.br/interna.php?ID_Materia=225

Um comentário:

  1. VIII CONCURSO PLÍNIO MOTA DE POESIAS 2011 (MACHADO-MG). FALEM COMIGO!

    A ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS (Machado-MG) comunica que estão
    abertas as inscrições para o VIII Concurso Plínio Motta de Poesias, do
    ano 2011.
    Entrem em contato para adquirir o Regulamento:
    a/c Carlos Roberto machadocultural@gmail.com
    ESTE CONCURSO ESTÁ ABERTO PARA TODOS!

    OBS: O VALOR DA INSCRIÇÃO ( 2 REAIS) PODE SER COLOCADO DENTRO DO ENVELOPE COM AS 6 CÓPIAS DA SUA POESIA.

    ResponderExcluir